Holambra (SP) – a cidade das flores

Localizada a 134 km da cidade de São Paulo, Holambra encanta não apenas por seus belos campos de flores e a famosa Explora,  mas também por sua rica história e gastronomia.

A história

A história de Holambra teve início em 1948. Logo após a Segunda Guerra Mundial, devastada pela guerra, a Holanda enfrentava problemas econômicos e o governo  estimulou a emigração de parte da população, especialmente para a Austrália,  Brasil,  Canadá e França.

O Brasil foi o único país a aceitar imigração de grandes grupos, sendo estes católicos. A Associação dos Lavradores e Horticultores Católicos da Holanda (Katholieke Nederlandse Boer en Tuinders Bonde – KNBTB) enviou para o país uma comissão para viabilizar o projeto de imigração e firmar um acordo junto ao governo brasileiro.

Foi assim que um grupo de aproximadamente 500 imigrantes, provenientes da província Brabante do Norte, veio para o Brasil e se estabeleceu na Fazenda Ribeirão, que pertencia ao Frigorífico Armour. 

Eles fundaram, em 14 de julho de 1948, a colônia Holambra I e a Cooperativa Agropecuária Holambra, com o objetivo de produzir leite e laticínios. 

O nome Holambra veio da junção dos nomes Holanda, América e Brasil.

Porém, como o clima brasileiro era bastante diferente, o gado holandês trazido pelos imigrantes foi dizimado por doenças tropicais e as atenções se voltaram para a agricultura.

A colônia passou por uma fase crítica e vários colonos migraram para o sul do país. 

Foi somente com a vinda de um novo grupo de imigrantes holandeses, em 1951, que teve início o cultivo de flores com a produção de gladiolos.

Em 1991, após um plebiscito onde a população votou favoravelmente à emancipação da colônia, foi fundado o município de Holambra,com território desmembrado dos municípios de Jaguariúna, Cosmópolis, Artur Nogueira e Santo Antonio da Posse. 

A cidade tornou-se o maior centro de produção de flores e plantas ornamentais da América Latina.

O Museu

Para quem quiser conhecer a história de Holambra, é obrigatória uma parada no Museu de Holambra, que conta com um rico acervo de fotos, filmes e objetos. 

A instituição guarda os arquivos originais de todos os informativos de Holambra desde 1949, feitos pela Cooperativa Agropecuária de Holambra. Possui também uma coleção de 3.000 fotos que mostram todo o processo de criação da cidade, desde a saída dos holandeses, em 1948.

Na área externa do Museu há maquinários e tratores antigos , além de réplicas de casas devidamente mobiliadas no estilo da época.

O Museu está localizado na Alameda Maurício de Nassau, 894, no Centro.

A cidade das flores

Foi somente com a chegada de novas famílias, na década de 1950,  que Holambra começou a prosperar. A produção de gladíolos (palmas de Santa Rita) se solidificou e aos poucos foram trazidas outras espécies. Em 1972, a produção já era expressiva, e então foi criado o Departamento de Floricultura (futuro Veiling).

A Cooperativa criou um grande evento para divulgação das flores – a Explora, que se tornou a maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina.

O  Parque onde acontece a Explora merece ser visitado, mesmo quando não está havendo a exposição. Entre suas atrações estão as fachadas de arquitetura holandesa coloridas, o Corredor dos Guarda-Chuvas, painéis para fotos e outras curiosidades, como o telefone público em forma de tamanco e mini moinho.

A Igreja Matriz do Divino Espírito Santo fica próxima ao recinto da Explora. Com suas praças bem cuidadas e com muitas flores coloridas, a igreja merece uma visita.

Outra atração imperdível de Holambra é o Moinho Povos Unidos. Cópia fiel dos moinhos holandeses, o Moinho tem 38,5 metros de altura e funciona exatamente como na Holanda, pela força dos ventos e moenda de grãos. Foi construído pelo arquiteto holandês Jan Heijdra.  Fica próximo ao Portal do Moinho.

Campos de flores

Para quem quer conhecer um campo de flores vale uma visita ao Bloemen Park, o mais novo Parque das Flores, onde é possível tirar fotos do pôr-do-sol, fazer um ensaio fotográfico e passear com a família, ou vivenciar o turismo rural no sítio Macena Flores.

Fonte: Bloeman Park. Disponível em: https://bloemenpark.com.br

  Fonte: Vzit – Novas Experiências. Disponível em:

https://vzit.com.br/fantastico-passeio-autentica-fazenda-flores-plantas-1677?gclid=CjwKCAjwrfCRBhAXEiwAnkmKmf93wXjzhBBVNlKZPT4XQ15swGOu0riEud0uvhNW5Xw7y1rZhzxz5BoCb9sQAvD_BwE

Fonte:InterAtiva Viagem. Disponível em:

   https://interativaviagens.com.br/blog/holambra-capital-nacional-das-flores/

Parques e Praças

Holambra também possui lindos parques e praças. Entre as praças se destacam a dos Pioneiros, da Cachoeira, das Dálias, dos Coqueiros e Bentão. O Deck do Amor, que fica na alameda Maurício de Nassau, como uma extensão da Praça Vitória Régia, foi inspirado na Pont des Arts, a famosa ponte de cadeados e Paris. O Parque Van Gogh, que recebeu esse nome em homenagem ao pintor holandês, também merece uma visita, além, claro, do Parque da Expoflora.

Roteiro Gastronômico

Boulevard Holandês

Holambra também possui uma rica gastronomia. A cidade conta com com inúmeros restaurantes, bares, choperias, cafés e confeitarias típicas. Salsichão, joelho de porco, torta de maçã, speculaas (uma bolacha de canela e outras especiarias) e frikandel (uma salsicha feita basicamente de peito de frango, carne suína e especiarias) são algumas das especialidades que podem ser degustadas.

Holambra também integra o Circuito das Águas Paulistas, juntamente com Águas de Lindoia, Amparo, Jaguariúna, Lindoia, Monte Alegre do Sul, Pedreira, Serra Negra e Socorro.

Enfim, Holambra possui inúmeras atrações e agrada a diferentes tipos de turistas.

 

Referências:

Governo do Estado de São Paulo. Circuito das Águas Paulistas. Disponível em: https://www.circuitodasaguaspaulista.com.br/historia/holambra. Acesso em 30.03.2022.

Museu de Holambra. Disponível em: http://www.museuholambra.com.br/editorial.php.  Acesso em 31.03.2022.

Câmara Municipal de Holambra. Disponível em: https://www.camaraholambra.sp.gov.br/Pagina/Listar/342#:~:text=Breve%20hist%C3%B3ria&text=Um%20grupo%20de%20aproximadamente%20quinhentos,de%20produzir%20leite%20e%20latic%C3%ADnios.Acesso em 04.04.2022

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fale Conosco!
1
Fale Conosco!
Seja bem vindo ao Tem Cidades!
Quer seu site anunciado aquí?
%d blogueiros gostam disto: